Todos os caminhos vão dar aos Santos Populares


Vêm aí as Festas de Lisboa, dedicadas ao santo favorito dos lisboetas — Santo António. Arraiais com fartura, marchas populares, muita música e até teatro: em junho, não vai faltar animação na cidade.

 

 

O fado vai voltar ao Castelo de São Jorge. A 14 de junho, Carlos do Carmo passará por lá na companhia de António Serrano. Carminho e Camané também estão confirmados, e cada um levará um convidado. E por falar em fado, o Arraial do Bairro das Pedralvas vai fazer uma homenagem a Maria Armanda e aos seus 50 anos de carreira. Além da própria fadista, vão passar pelo bairro de Benfica Rodrigo, Augusto Ramos, entre outros. De 22 a 25 de junho, no Centro Cultural de Belém, decorre mais um Festival Coros de Verão. A 23 de junho, acontece o Festival de Bandas de Lisboa, em vários pontos da cidade. A fechar as Festas de Lisboa, no dia 30, vai estar Gilberto Gil, no jardim da Torre de Belém.

 

 

O que não podia mesmo faltar (além dos arraiais e dos tronos de Santo António) são as marchas, que este ano se inspiraram em Vasco Santana, nascido há 120 anos. O tema vencedor da Grande Marcha é “Vasco é Saudade”, que será interpretado por todas os marchantes durante o desfile na Avenida da Liberdade, na noite de 12 de junho (véspera de feriado).

 

 

O Bairro de Santos ao Rego, nas Avenidas Novas, volta a receber o Arraial’in 2018, de 8 a 22 de junho. Este ano, os Santos Populares comemoram-se na sede do Grupo Excursionista “Os Económicos”, onde não vão faltar “atuações, petiscos e espaços para todos os gostos” e claro, muita folia.

 

 

Santos Populares e Alfama quase podiam ser sinónimos. Por muito que no dia de Santo António (12 de junho) seja quase impossível andar com os pés no chão, não deixa de haver arraiais para visitar: um deles, por exemplo, é o da Sociedade Boa União. Entre 1 e 30 de junho vai haver festa todas as sextas e sábados com muita música, claro, mas com ainda mais oferta de comidas. De entre os petiscos que vai poder provar há bifanas, sardinhas, moelas, chouriço, arroz doce e, lá está, o clássico caldo verde.

O Clube do Sargento da Armada também festeja a noite de Santo António — 12 de junho — na sede em Alfama. A festa começa pelas 19h e abre com sardinha assada, entremeada, bifanas, chouriço assado, caldo verde e a sangria e imperiais fresquinhas.

 

 

E este ano volta a ser ano de Santos Veganos da Mouraria a cargo de The Food Temple. Pela terceira vez, o coração da Mouraria oferece uma alternativa aos Santos Populares no dia 12 de junho. É a oportunidade para provar cerveja artesanal, sangria da casa e o famoso barbecue vegano ao som de Ritmos Cholulteka e de Guillotina Cumbiera. A partir das 18h pode dar um saltinho ao Beco do Jasmim.

FreshMail.com